segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Conheça alguns dos melhores editores de fotos online


Vira e mexe precisamos manipular imagens para publicação em redes sociais, blogs etc. Para essa tarefa no desktop, temos dentre os mais utilizados editores o famoso Photoshop e uma de suas alternativas livres multiplataforma (Windows, Linux, OS X…), o renomado Gimp. São ferramentas poderosas, que às vezes demoram um tantinho para abrir, além de nem sempre terem a interface mais cômoda para algumas operações simples. Para casos assim, quando precisamos apenas recortar, redimensionar, aplicar um filtro, ou adicionar texto às imagens, pode ser mais conveniente - e rápido! – recorrer a algum editor online; algumas tarefas como colagens de fotos também podem ser mais práticas em ferramentas na web do que em aplicativos desktop. Veja a lista abaixo. Os editores mais ao topo tendem a ter melhores recursos e melhor usabilidade. A medida que vai descendo na relação, provavelmente, mas não necessariamente, encontrará ferramentas menos interessantes; repare, por exemplo, que algumas fora do topo não têm tantas funcionalidades mas possuem funções especiais (de uso talvez menos frequente, mas ainda assim valiosas para necessidades específicas). Confira!




  
  • iPiccy: Editor baseado em Flash. Conta com editor de fotos, colagens e ferramenta de criação de gráficos. Permite adicionar sticker, textos (dezenas de fontes para escolher), filtros diversos, além de trabalhar com camadas. É grátis, com anúncio ocupando parte da tela. Interface e funcionalidades lembram a do extinto Picnik.
  • Ribbet: Baseado em Flash e com interface totalmente “inspirada” no falecido Picnik. Permite fazer edições, colagens, adicionar textos (dezenas de fontes) e efeitos. Possui função de colagem com formatos. Grátis com anúncios (que podem ser removidos com planos Premium a partir de 5 dólares ao mês).
  • Fotor: Redesenhado, agora baseado em HTML 5. Possui interface em português, permitindo fazer edições, colagens (também com estilos artísticos predefinidos) e criar gráficos. Anúncios são um pouco mais intrusivos, atrapalhando um pouco a experiência de uso. Mensalidade Premium que remove propaganda e dá acesso a mais recursos sai por 9 dólares. 
  • BeFunky: Possui boa variedade de recursos, com diversos filtros, efeitos, molduras e fontes. Versão paga sem anúncios custa US$ 5 / mês. Baseado em Flash.
  • Canva: Modelos personalizáveis para criação de banners, convites e anúncios com estilo.
  • PhotoCat: Editor e colagens com todas as funcionalidades básicas. Rodando sob Flash, tem interface livre de anúncios, mas carece, por exemplo, de mais opções de fontes.
  • Pixlr Express: Outro editor baseado em Flash suportado por anúncios. Permite fazer colagens e carregar imagens diretamente de uma URL ou de uma webcam. Possui todos os recursos dos anteriores, mas com uma interface talvez um pouco menos conveniente.
  • Picozu: Interface e funcionalidades se parecem com a de editores desktop, contando com alguns recursos que não são encontrados na maioria das ferramentas online, como abas para editar mais de uma imagem ao mesmo tempo, além de inúmeros plugins, temas e extensões. Com a extensão para Firefox, por exemplo, é possível fazer capturas de tela a partir do navegador. Possui uma enorme variedade de fontes, mas sem uma previsão das mesmas, sua utilização se torna bem pouco produtiva. Não possui anúncios a ocupar a área de trabalho e não requer Flash.
  • Scrapee: Ferramenta Flash para criar molduras e colagens de fotos a partir de centenas de modelos predefinidos, dentro de diversas categorias como dias da semana, Dia das Mães e outras datas comemorativas, cidades, paisagens, e muito mais, que podem ainda ser personalizados com textos.
  • PiZap: Ferramenta quase toda em HTML 5 com recursos de edição médios, colagens, mas contando com rara função de “cut out” (cortar e remover o fundo) e de criação de memes. Versão sem anúncios e com mais recursos é oferecida por 6 dólares ao mês.
  • WebInpaint: Ferramenta cuja função é remover elementos de fotos.
  • PhotoFunia: Centenas de modelos criativos para fazer montagens com fotos, alguns deles animados.
  • ImageBot: Ferramenta com recursos básicos e fontes criativas.
  • Pho.to: Editor com boa interface, suportado por anúncios. Possui algumas fontes menos formais (mais artísticas), um bom número de adesivos, mas poucos filtros.
  • FotoFlexer: Editor Flash com recursos médios, que tem como diferencial a possibilidade de adicionar adesivos animados (o trabalho final pode ser salvo como GIF nesse caso). Permite também trabalhar com camadas e possui interface limpa, sem anúncios.
  • Phixir: Editor com publicidade, que possui uma interface com ícones que não são lá um primor no quesito intuição, mas com algumas fontes criativas e gerador de memes.
  • Kizoa: Ferramenta Flash permite criar montagens com fotos além de animações em vídeo a partir de modelos. Versão gratuita tem várias limitações, como geração de vídeos de até 1 min e com marcas d’água. A interface é modernosa mas muitas vezes confusa.
  • Lunapic: Editor com um monte de filtros e efeitos artísticos, permitindo ainda adicionar animações (e salvar como GIF). A interface não é muito conveniente para a realização de operações em sequência.
  • Citrify: Ferramenta Flash com recursos básicos de edição.
  • Pixer.us: Ferramenta com propagandas e apenas os recursos mais básicos, como recorte, rotação, e ajuste de brilho.
  • AnyMaking: Permite aplicar diversos efeitos às fotos, com uma interface da web 1.0.
  • PicJoke: Para criar montagens simples com fotos a partir de modelos.
  • Tuxpi: Apenas os recursos mais básicos de edição.
Seguir

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...